Logotipo do(a) Riocopter Passeio de Helicóptero Rio de Janeiro

Dicas para economizar na viagem ao Rio de Janeiro

25/10/2022 18:24
Imagem de ilustração do post: Dicas para economizar na viagem ao Rio de Janeiro
Tempo estimado de leitura: 3min

De acordo com pesquisas, o Rio de Janeiro tem o segundo maior custo de vida do Brasil, atrás apenas de São Paulo. Quem já visitou a capital Fluminense sabe que o dinheiro desaparece rapidamente por lá, mas uma viagem bem planejada pode ser feita mesmo com o orçamento apertado. É possível economizar com hospedagem, alimentação, transporte público e passeios turísticos.

Confira algumas dicas úteis para economizar no Rio de Janeiro.

  1. Defina limite de gastos.

Definir um limite de gastos é uma maneira eficaz de impedir gastos desnecessários. Se você não colocar um limite em seus gastos, pode acabar cedendo a compras por impulso para coisas como mais uma garrafa de cerveja ou mais uma peça de roupa ou mais uma lembrança para seu pet de estimação e, antes que perceba, seu orçamento ficará vazio.

  1. Pedale

Ônibus e metrô podem sair caros. No entanto, um passe mensal para usar as bicicletas do Itaú custa apenas R$ 10, e você pode pedalar quantas vezes quiser e devolver as bicicletas em qualquer uma das dezenas de estações espalhadas pela cidade. Você pode obter um mapa de ciclistas e um guia passo a passo para se inscrever no serviço no site do aplicativo móvel.

  1. Roteiro otimizado

A cidade é vasta e tem praias inimagináveis, atrações turísticas e coisas divertidas para fazer. Sabendo disso, é uma boa ideia fazer um mapa com todas as atrações de interesse marcadas nele e depois usar esse mapa para planejar sua programação diária por bairro. Dessa forma, você economizará dinheiro em custos de transporte público e terá mais tempo para cumprir outras metas.

  1. Dê preferência por atrações gratuitas

É natural querer caminhar de Bondinho e visitar o Cristo Redentor em sua primeira viagem ao Rio de Janeiro, mas lembre-se de que isso não é tudo o que a Cidade das Maravilhas tem a oferecer. Há uma variedade de coisas gratuitas para fazer, de museus e galerias de arte a parques e festivais. Algumas atrações geralmente pagas, como o Museu do Amanhã do Rio e o MAR (Museu de Arte do Rio), oferecem entrada gratuita em dias específicos da semana.

  1. Pesquise hospedagens

Não é a jogada mais inteligente começar sua busca por hotéis no Rio de Janeiro comparando as opções mais baratas com as mais caras. Leve em consideração os bairros mais seguros e a localização das atrações turísticas e praias.

Recomenda-se que as reservas sejam feitas com pelo menos dois meses de antecedência para economizar na hospedagem.

  1. Alimentação

Com certeza, fazer compras no Rio de Janeiro é essencial para economizar. Se ficar hospedado em locais com cozinha, opte por passar no supermercado mais próximo para se abastecer de água, café, frutas, biscoitos, ovos, queijo e outros, garantindo assim, seu café da manhã e reduzindo seu gasto com alimentação.

  1. Não tenha vergonha

Trazer um cooler, isopor ou bolsa térmica abastecida com água, cerveja e outras bebidas para a praia é bastante aceitável. Não se esqueça de levar uma lixeira para descartar corretamente o seu lixo.

Se você vai visitar o Rio de Janeiro e não está com muita grana, aproveite nossas dicas e se divirta na Cidade Maravilhosa.

Deixe um comentário
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e a Política de Privacidade e os Termos de Serviço do Google se aplicam.