Logotipo do(a) Riocopter Passeio de Helicóptero Rio de Janeiro

Novas regras para entrar na cidade do Rio de Janeiro

02/09/2021 19:26
Imagem de ilustração do post: Novas regras para entrar na cidade do Rio de Janeiro
Tempo estimado de leitura: 3min

Novas regras para entrar no Rio de Janeiro

A prefeitura do RJ informa que a partir do dia 15/09/21, terá exigência da comprovação de vacinação contra a COVID-19 para que possa entrar em locais públicos da cidade do Rio. Essa regra vale tanto para turistas quanto para moradores. O “passaporte de vacinação” será exigido para entrar em ambientes de uso coletivo.

O prefeito Eduardo Paes deixou claro que todos são bem-vindos ao Rio de Janeiro, porém para frequentar a cidade, precisará apresentar sua carteira de vacinação. A carteira de vacinação pode ser apresentara em 3 maneiras, tais como: carteira de vacinação digital (ConectSUS); caderneta física de vacinação e/ou papel timbrado emitido pela Secretaria Municipal de Saúde.

Mesmo quem já tomou a primeira dose e aguarda a data da segunda, também terá que apresentar o comprovante.

O prefeito Eduardo Paes publicou 4 decretos relativos a pandemia no dia 27/08. Três deles tratam diretamente da comprovação da vacina.

Os decretos

  1. Comprovação da vacinação para frequentar locais de uso coletivo;
  2. Comprovação de vacinação para que sejam realizadas cirurgias eletivas;
  3. Comprovação de vacinação para manter o recebimento do Cartão Família Carioca;
  4. E prorrogação de medidas restritivas até 13/09/21.

Locais de uso coletivo – Quais são eles?

  • academias de ginástica, piscinas, centros de treinamento e de condicionamento físico e clubes sociais;
  • vilas olímpicas, estádios e ginásios esportivos;
  • cinemasteatros, salas de concerto, salões de jogos, circos, recreação infantil e pistas de patinação;
  • atividades de entretenimento, exceto quando expressamente vedadas;
  • locais de visitaçãoturística, museus, galerias e exposições de arte, aquário, parques de diversões, parques temáticos, parques aquáticos, apresentações e drive-in;
  • conferências, convenções e feiras comerciais.

O decreto determina que cabe ao estabelecimento realizar o controle de entrada, sempre se preocupando em não gerar aglomeração.

Restaurantes, bares, lojas e shoppings não foram incluídos neste decreto e possuem entrada livre – desde que sejam respeitadas as regras de distanciamento social que já estão em vigor.

Datas-limite

A prefeitura também liberou um calendário dos prazos para a segunda dose. O cronograma foi estabelecido de acordo com o intervalo máximo de 3 meses entre as duas doses.

Exemplo: um carioca de 65 anos, tem prazo até 15/09/21 para tomar a 2ª dose. Já um carioca de 30 anos precisa se vacinar até 15/11/21.

Deixe um comentário
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e a Política de Privacidade e os Termos de Serviço do Google se aplicam.